HomeArtigosPesquisa olha papel da escola além do vestibular
 ARTIGOS
Pesquisa olha papel da escola além do vestibular

Quando você pensa no futuro de seu filho e na escola de educação fundamental e de ensino médio a ser escolhida para ele, está pensando naquela que tem os melhores índices de aprovação no vestibular? A aprovação no vestibular de uma boa faculdade é sinônimo de realização pessoal e profissional no futuro?

A percepção sobre a importância da escola para o desempenho do aluno acaba de abrir uma nova janela que avança o olhar para além do funil do vestibular e dos resultados do ENEM. Tive acesso ao resultado de uma pesquisa realizada pela Eduqual e pelo Instituto Datafolha que faz um mapeamento do percurso acadêmico, profissional e pessoal de um grupo de alunos para identificar a contribuição das escolas ao longo de sua trajetória.

O levantamento foi feito com 1.500 ex-alunos subdivididos em três grupos conforme o tempo de conclusão do Ensino Médio e analisou questões sobre a situação profissional do entrevistado, seu progresso na vida, sua condição atual no mercado de trabalho, no âmbito familiar e na sociedade.

Conheci os dados referentes à participação da pesquisa de ex-alunos do Colégio Arbos do Grande ABC, região metropolitana de São Paulo. Mas o trabalho contou com a participação voluntária de mais 10 escolas particulares de São Paulo, entre elas: Bandeirantes, CEB, Elvira Brandão, Gracinha (Nª S. das Graças), Lourenço Castanho, Oswald de Andrade, Rainha da Paz, Sion e Vera Cruz.

O instrumento oferece às escolas informações sobre seus pontos fortes e fracos, sem ranqueá-las. Trata-se de uma ferramenta para avaliação e medição de resultados além do ENEM e do Vestibular. Um projeto pioneiro para um ramo da Economia, que é a Educação, que até hoje não avalia o resultado de seu produto.

Cada uma das escolas participantes também recebeu informações importantes de como seus ex-alunos construíram suas carreiras, a educação contínua, a escolha por instituições públicas e privadas e, muito interessante, questionou se os entrevistados costumam ter contato com a natureza e se fazem exercícios físicos regularmente?

É bom saber hoje que cidadãos estamos formando para o futuro, e se nossos modelos de ensino estão cuidando dessa preparação.

Depois de sair da escola há mais de 5 ou 10 anos, o ex-aluno, agora maduro e experiente, tem condições de avaliar melhor o papel da qualidade do ensino, dos professores e identificar mais claramente a contribuição da instituição na realização de vida pessoal e profissional.

E você, reconhece o papel da escola na formação da pessoa que é hoje?

Para enviar este artigo para um(a) amigo(a):
Clique aqui

Fonte: Época Negócios - Carlos Faccina
Autor: 
 Data: 08/07/2010

 

 


Voltar

 
Para membros da Comunidade
Learning & Performance Brasil
> Efetuar Login
> Cadastre-se
> Saiba mais
Curta a nossa página no facebook
Siga-nos no twitter

Organização
MicroPower

Promoção
Escola Virtual

e-learning for kids

ABES

ABRH - NACIONAL

ABRH - SP

ADVB

América Economia

bilheteria.com

FNQ - Fundação Nacional da Qualidade

GCSM - Global Council of Sales Marketing

The Winners - Prime Leaders Magazine

Copyright © 2016 - MicroPower®