HomeArtigosCultura de Alta Performance – Parte 3: Objetivos Organizacionais bem definidos
 ARTIGOS
Cultura de Alta Performance – Parte 3: Objetivos Organizacionais bem definidos

Para atingir elevados níveis de desempenho organizacional e humano, e assim apresentar o que chamamos de Cultura de Alta Performance, uma empresa precisa estar atenta a sete pontos fundamentais:

1) Liderança
2) Alinhamento aos Valores e à Cultura Organizacional
3) Objetivos bem definidos
4) Métricas e Indicadores bem definidos
5) Execução
6) Planejamento e Capacitação da Força de Trabalho
7) Meritocracia

Neste artigo abordaremos o terceiro deles, os Objetivos bem definidos.

Nenhuma organização pode pretender alcançar um estado de Alta Performance sem que todos os colaboradores saibam exatamente o que se espera deles. Isto implica em que existam meios de compartilhar a Visão e as Estratégias da organização com todos, independente de nível hierárquico ou função.

Não importa a metodologia utilizada: BSC, Gestão por Diretrizes ou outra qualquer, o importante é assegurar que ocorra o desdobramento dos Objetivos Organizacionais pela estrutura até atingir as equipes e indivíduos que têm como suas responsabilidades a sua execução. Estes objetivos organizacionais originam-se nas Estratégias, produzindo assim, alinhamento e vínculos estreitos entre a Cultura Organizacional, Valores e a estratégia de negócios, possibilitando a execução com eficácia dos processos que produzem valor e resultados para a organização.

Mais uma vez faz-se importante a ação da liderança no sentido de, ao definir os objetivos das equipes e dos indivíduos, atribuí-los aos responsáveis por sua execução com um processo de comunicação clara e eficiente, que garanta a compreensão de todos, para que cada um saiba exatamente o que se espera de seu trabalho. Além disso, deve ser possível não só à alta administração, mas também a cada um dos colaboradores acompanhar a execução de seus próprios objetivos e daqueles relacionados ao seu trabalho. Assim, eventuais desvios em relação ao planejado serão mais rapidamente identificados e seu impacto no desempenho global será minimizado.


(*) Augusto Gaspar é Diretor da unidade de Professional Services da MicroPower e coordenador da coluna “Desenvolvendo Talentos” desta revista. Comentários e contribuições podem ser enviados para augusto.gaspar@micropower.com.br Twitter: augustofgaspar

Para enviar este artigo para um(a) amigo(a):
Clique aqui

Fonte: Augusto Gaspar
Autor: 
 Data: 27/10/2010

 

 


Voltar

 
Para membros da Comunidade
Learning & Performance Brasil
> Efetuar Login
> Cadastre-se
> Saiba mais
Curta a nossa página no facebook
Siga-nos no twitter

Organização
MicroPower

Promoção
Escola Virtual

e-learning for kids

ABES

ABRH - NACIONAL

ABRH - SP

ADVB

América Economia

bilheteria.com

FNQ - Fundação Nacional da Qualidade

GCSM - Global Council of Sales Marketing

Movimento Brasil Competitivo: MBC

Microsoft

The Winners - Prime Leaders Magazine

Copyright © 2016 - MicroPower®