HomeNotíciasNotícia selecionada
 NOTÍCIAS
Não conseguiu vaga para trainee?

Você não está sozinho.

Os últimos anos têm se caracterizado pelo crescente número de processos de seleção de trainees organizados principalmente pelas grandes empresas. Unilever, Nestlé, Ambev, BASF, Natura, apenas para citar alguma delas, oferecem poucas vagas nas diversas especialidades para um universo de cerca de 20.000 candidatos. Em alguns casos, são 1.000 candidatos por vaga.

Isso me faz lembra o vestibular dos anos 70, quando tínhamos apenas três universidades e a proporção de candidatos era ainda maior. Lógica perversa, a grande maioria não consegue vaga, e os que conseguem podem ser até matéria de revista de negócios, como futuros lideres e profissionais de sucesso.

E você, não obteve sucesso?

O inglês não ajudou, o curriculo foi superado pelos demais, a entrevista (caso tenha chegado nessa etapa) foi complicada, nebulosa e você sentiu-se desconfortável?

Calma, essa solidão não é só sua. Esse processo é apenas um dos muitos recrutamento que você vai vivenciar na vida. A seleção é um processo contínuo e sistêmico que ocorre todos os dias. O de trainee é apenas mais um, embora importante e emblemático, por agregar um programa de desenvolvimento específico. Mas conheci muitos bons jovens profissionais que não entraram nas empresas pela porta do programa trainee.

As empresas não vivem de recrutamentos esporádicos, visto que a dinâmica interna gera muitas vagas em razão das demandas de mercado e da manutenção das vantagens competitivas. Procure encontrar as outras portas abertas de recrutamento: sites das empresas, escritórios de seleção de pessoal e blogs específicos sobre o assunto. Não esqueça de sua rede de relacionamento, ela é o seu maior patrimônio e a fonte das melhores indicações.

Não ter sucesso na seleção de trainees pode servir de uma grande lição para identificar e corrigir suas eventuais falhas e deficiências de formação profissional e cultural. Procure observar que hoje as empresas dão muito valor ao que vai além do currículo: trabalho voluntário, sólida formação cultural e conexão com os temas da atualidade.

A procura nasce na identificação do especialista, mas o objetivo dos recrutadores é ver o potencial, atitude e personalidade do candidato. As deficiência técnicas serão, sem dúvida, supridas pela estrutura de treinamento da empresa, mas a atitude, curiosidade e personalidade são suas qualificações e independem de treinamento.

Você não está sozinho. Está muito bem acompanhado pela sua própria energia .



Para enviar esta notícia para um(a) amigo(a):
Clique aqui

Fonte: Carreira 2.0
 Data: 04/03/2010

 

 


Voltar

 
Para membros da Comunidade
Learning & Performance Brasil
> Efetuar Login
> Cadastre-se
> Saiba mais
Curta a nossa página no facebook
Siga-nos no twitter

Organização
MicroPower

Promoção
Escola Virtual

e-learning for kids

ABES

ABRH - NACIONAL

ABRH - SP

ADVB

América Economia

bilheteria.com

FNQ - Fundação Nacional da Qualidade

GCSM - Global Council of Sales Marketing

Movimento Brasil Competitivo: MBC

Microsoft

The Winners - Prime Leaders Magazine

Copyright © 2016 - MicroPower®