PesquisaResultado da Pesquisa Formação dos profissionais de e-Learning
 RESULTADO DA PESQUISA
Formação dos profissionais de e-Learning

1.) Objetivo

A pesquisa deste mês analisou onde os profissionais em geral, gestores, consultores e fornecedores de e-Learning buscam informações para atualização e formação na área.


2.) Resultados

2.1) Principais fontes de informação para atualização e especialização em e-Learning

- 81% buscam atualização e especialização em sites nacionais de e-Learning;
- 60% em congressos e workshops;
- 37% em universidades e outros 37% em sites internacionais.


2.2) Qualidade dos conteúdos de e-Learning na Internet disponibilizados no Brasil

- 85% das empresas afirmaram que a qualidade dos conteúdos oferecidos é razoavelmente satisfatória ou satisfatória;
- 9% responderam que o conteúdo disponível é insatisfatório;
- 6% consideram que as informações disponíveis na Internet são plenamente satisfatórias.



2.3) Canal que mais poderia favorecer a formação e a atualização dos profissionais de e-Learning

- 87% dizem que a mídia digital é a que mais poderia favorecer a formação e a atualização dos profissionais;
- Em segundo lugar, vem a mídia impressa, com 10% das respostas;
- Por último, o mercado de mídia eletrônica, que contou com 3% das respostas.


2.4) Cursos preferenciais em e-Learning

- 32% têm interesse em conhecer mais sobre o desenvolvimento de conteúdos para e-Learning;
- 28% em adquirir conhecimentos sobre gerenciar projetos em e-Learning;
- 20% em medir os resultados de e-Learning.


3.) Conclusão

Foi realizado um levantamento quantitativo no mês de outubro de 2009, por meio do portal e-Learning Brasil (www.elearningbrasil.com.br), aplicado a 295 organizações brasileiras.

A amostra analisada possui uma distribuição variada de organizações, pertencentes às cinco regiões brasileiras: Sudeste (58%), Sul (21%), Centro-Oeste (11%), Nordeste (9%) e Norte (1%).

A pesquisa analisou onde os profissionais em geral, gestores, consultores e fornecedores de e-Learning buscam informações para atualização e formação na área. O resultado mostra que 81% buscam atualização e especialização em sites nacionais de e-Learning, 60% em congressos e workshops, 37% em universidades e outros 37% em sites internacionais.

Do universo pesquisado, 85% das empresas afirmaram que a qualidade dos conteúdos oferecidos é razoavelmente satisfatória ou satisfatória. Outros 9% responderam que o conteúdo disponível é insatisfatório, e apenas 6% consideram que as informações disponíveis na Internet são plenamente satisfatórias.

A pesquisa levantou também qual o canal de mídia que mais poderia favorecer a formação e a atualização dos profissionais de e-Learning. Do universo pesquisado, 87% dizem que a mídia digital é a que mais poderia favorecer a formação e a atualização dos profissionais. Em segundo lugar, vem a mídia impressa, com 10% das respostas. E, por último, o mercado de mídia eletrônica, que contou com 3% das respostas.

No final da pesquisa foi identificado que 32% têm interesse em conhecer mais sobre o desenvolvimento de conteúdos para e-Learning, 28% em adquirir conhecimentos sobre gerenciar projetos em e-Learning e 20% em medir os resultados de e-Learning.


 
Para membros da Comunidade
Learning & Performance Brasil
> Efetuar Login
> Cadastre-se
> Saiba mais
Curta a nossa página no facebook
Siga-nos no twitter

Organização
MicroPower

Promoção
Escola Virtual

e-learning for kids

ABES

ABRH - NACIONAL

ABRH - SP

ADVB

América Economia

bilheteria.com

FNQ - Fundação Nacional da Qualidade

GCSM - Global Council of Sales Marketing

The Winners - Prime Leaders Magazine

Copyright © 2016 - MicroPower®